Definition of Expired, limpando o seu Product Backlog

bearAo fabricar um produto orgânico, um dos cuidados que se deve ter é com a validade da matéria-prima. O que acontece caso um item de matéria-prima esteja vencida?

E mesmo não sendo um item perecível, como saber a hora que ele deixa de ser útil?

O fato é que os nossos produtos se degradam de alguma forma, ou até se tornam comprometidos em casos extremos. Sabemos que software é orgânico, então por que não existe a definição de validade para os requisitos do software, que são sua principal matéria-prima?

Em 2009, Jim Schiel (CST) escreveu um artigo sobre “Itens de Backlog têm uma data de validade“, dizendo que um item de backlog possui um tempo de vida diretamente proporcional ao seu tamanho e complexidade. Então essa ideia de limpeza de backlog não é nova, e essa necessidade algum dia surgirá no trabalho de um Product Owner. Por essa razão, estamos propondo um conceito para isso, o Definition of Expired (D.O.E.), ou, em português, Definição de Expirado.

Definition of Expired (D.O.E.)

Esse é o conceito que estamos reforçando, como essencial para um backlog limpo. Definition of Expired traz bem a ideia de quando o item de backlog estará “vencido”. O que fazer quando a data de validade estiver próxima? Vale uma reflexão, para escolher se devemos remover o item do backlog ou se vamos priorizar em próximos ciclos de trabalho.

Exemplos de D.O.E. para os itens de backlog:

  • Fixo: 4 meses de validade desde a data de criação. Esse período vai variar de acordo com o contexto do produto e do time, mas normalmente fica num período de 3 a 9 meses de validade.
  • Por tamanho: 3 meses de validade para itens pequenos, 6 meses para itens médios e 12 meses para itens grandes.
  • Por risco de negócio: 3 meses de validade para itens de risco alto de negócio, 9 meses para itens de risco baixo de negócio.
  • Por incerteza: 3 meses de validade para itens com muita incerteza, 9 meses de validade para itens com muita certeza.

Benefícios

Quais os principais benefícios que o Definition of Expired traz?

  • Priorizar o que nunca seria priorizado;
  • Remover o que não possui valor;
  • Tratar os requisitos como hipóteses;
  • Evitar inchar o Product Backlog;
  • Traz a completude do produto.
  • Evitar fazer um grande estoque no Product Backlog, que é um desperdício para o Lean;

Junto do D.O.E., existem duas outros conceitos para se aplicar no Product Backlog: Definition of Done e Definition of Ready.

Definition of Done (D.O.D.)

O conceito de Definition of Done (Definição de Pronto) define um checklist para informar quando o item de backlog (PBI) ou o incremento do produto estará pronto. O D.O.D. é muito útil para guiar o time dev com as expectativas do Product Owner e do cliente. O D.O.D. está descrito em detalhes no Guia do Scrum.

Exemplos D.O.D. para os itens de backlog:

  • Documentado numa wiki
  • Com todos os testes de aceitação automatizados
  • Com todos os testes de aceitação passando
  • Entregue no ambiente de produção

Definition of Ready (D.O.R.)

Uma outra prática é utilizar o conceito de Definition of Ready (Definição de Preparado), que define quando o item de backlog estará preparado para o time desenvolvê-lo. Mesmo que muito útil para a comunicação do cliente e PO para o time dev, o D.O.R. é pouco explorado no guia do Scrum.

Exemplos D.O.R. para os itens de backlog:

  • Escrito no formato de User Story
  • Critérios de aceitação escritos ou revisados pelo cliente
  • Protótipo em papel
  • Prova de conceito caso o item tenha impacto no desempenho da solução, afetando escalabilidade.

Grooming do Product Backlog com D.O.E.

Grooming é uma atividade em que o PO refina os itens de backlog de um modo colaborativo. Se o backlog fosse o jardim, o Product Owner seria o jardineiro e o Grooming seria a própria atividade de jardinagem. Durante o Grooming, a validade dos itens de backlog podem ser revisadas e validadas. Os itens de backlog com a data de validade próxima devem ser priorizados para a próxima sprint, ou então removidos.

Dica!

Nunca prolongue a data de validade do item de backlog! Jogue limpo, transparência é um dos três pilares do Scrum!

E agora?

E aí fica a pergunta: do seu backlog, quantos itens poderiam ser removidos por já estarem vencidos? Quais aspectos você tem visto como importantes neste processo? Deixe seu comentário!

Daniel Wildt
Dionatan Moura

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s